[Resenha] Corte de Névoa e Fúria Volume 2

Clique para aumentar

Autora: Sarah J. Maas
Editora: Galera Record
Ano da edição: 2016
Número de páginas: 658

Neste segundo livro da trilogia temos uma reviravolta na estória. No primeiro livro Feyre liberta Tamlin, seu povo e toda Prythian, mas ela se sente destruída por dentro. A última tarefa dada a Feyre por Amarantha ainda a atormentava mesmo depois de três meses.

Feyre ao ser curada pelos Grão-Senhores das Cortes acabou herdando os poderes de cada um e se caso eles descobrissem isso Feyre se tornaria uma ameaça para eles. Então Tamlin estava sempre preocupado em protegê-la, acontece que ela não queria este excesso de proteção. Feyre se sentia sufocada como se estivesse numa prisão, Tamlin não a deixava fazer nada que ela que quisesse.

Tamlin pediu Feyre em casamento e para ajudar nas festividades ele chamou uma amiga de infância e Grã-Sacerdotisa chamada Ianthe.

No dia do casamento, prestes a se casar com Tamlin um pânico tomou conta de Feyre que a paralisou de medo. Rhysand bem neste momento apareceu para cobrar o acordo que fizera com ela que seria passar uma semana de cada mês com ele na sua Corte. Feyre vai com ele para a Cortuna Noturna e o casamento não aconteceu.

Rhysand é o Grão-Feérico mais poderoso e visto como todos de Prythian como o mais cruel. Quando Feyre é levada para a Corte dele ela esperava o pior, mas Feyre surpreende-se.

Rhysand é o oposto de Tamlin, ele dá liberdade para Feyre, além de querer que ela treine seus poderes, pois, uma guerra está próxima a acontecer e ele quer a sua ajuda.

Da última vez que Feyre voltou para a Corte Primaveril Tamlin a aprisionou novamente, pois as fronteiras estavam sendo invadidas e ele não queria que ela fosse atrás dele. Feyre entra em pânico por se sentir presa novamente e é resgatada pela Corte de Rhysand e desde então ela fica sem voltar para a Corte Primaveril por muito tempo.

Feyre passa a conhecer mais Rhysand, o verdadeiro Rhysand por trás da máscara de cruel. Cada vez mais eles se tornam próximos. Rhysand revela segredos a ela, como Velaris, a cidade intocada, onde todos vivem em paz e harmonia. E conhece as pessoas que Rhysand considera como sua família que são Amren, Azriel, Cassian e Morrigan. Todos passaram por sacrifícios e tormentos pela vida assim como ela. E eles também se tornam sua família.

A cada dia que passa Feyre se torna mais próximo de Rhysand, um entende e ajuda o outro. Feyre se apaixona por Rhysand e ele faz uma importante revelação para ela que os une ainda mais.

O rei de Hybern pretende invadir as Terras Mortais, onde estão o pai e as irmãs de Feyre, usando o Caldeirão para conseguir isso e ela é a única que pode impedir que isso aconteça com a ajuda de Rhysand e seus amigos. Mas algo de errado acontece e tudo dá errado.

A autora fez uma reviravolta na estória de uma maneira incrível. Ainda continua tendo muita ação, aventura, magia, criaturas e o romance desta vez é entre Rhysand e Feyre, mas confesso que não consigo odiar o Tamlim e estou muita curiosa com que rumo vai tomar a estória e seu desfecho. Será que vai ter outra reviravolta?

Eu me tornei fã de Sarah J. Maas ela é uma escritora que me surpreendeu. Só tenho a dizer recomendo muito estes livros ele é muito mais rico e cheio de detalhes do que posso descrever aqui. Por favor, você que gosta de livro de fantasia e romance, leiam!

Início da leitura: 02/07/2018

Término da leitura: 26/07/2018

Leitura nº:  12

You may also like

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *