[Resenha] Corte de Espinhos e Rosas Volume 1

Corte de Espinhos e Rosas

Autora: Sarah J. Maas
Editora: Galera Record
Ano da edição: 2015
Número de páginas: 434

Feyre estava na floresta em pleno o inverno enquanto caia neve a procura de uma caça para poder alimentar sua família que passava fome. Não poderia voltar para casa de mãos abanando. Ela é uma caçadora há anos como meio de sobrevivência à extrema pobreza. A fome a levara para mais longe de casa do que usualmente ia, o inverno era uma época muito difícil para caçar animais. Mas Feyre avista uma caça e logo em seguida um imenso lobo, ela fica na dúvida se realmente é um animal ou um feérico. Feyre mata o lobo com sua flecha especial, armada com ponta de ferro e entalhada de freixo que dizem servir matar feéricos. Se não matasse o lobo, ele comeria sua caça.

Feyre volta para sua aldeia com a pele do lobo que retirara para vender na feira e a carne do outro animal para alimentar sua família por mais alguns dias.

O pai de Feyre perdeu todo o dinheiro que tinha e suas irmãs Nestha e Elain nada faziam para ajuda-la. Nestha principalmente chegava a ser cruel com a irmã e o pai.

No passado por muito tempo os humanos foram escravizados pelos feéricos até que houve uma batalha na qual resultou num tratado dividindo a terra por uma muralha mágica entre as Terras dos Mortais e as Terras dos Feéricos, chamada Prythian.

Prythian é dividido por cortes e além dela existe uma ilha chamada Hybern governada também por um feérico.

Uma criatura bestial invade o chalé onde Feyre mora com sua família a procura da pessoa que matara o lobo. A criatura com feição lupina dá duas opções para Feyre, morrer ou ir viver para sempre em Prythian. Feyre decide ir embora com a criatura.

Ao chegar à mansão da Corte Primaveril onde será sua prisão, a criatura se transforma em um jovem feérico de cabelos dourados, olhos verdes, forte e com uma misteriosa máscara no rosto, Tamlin. Além dele, mora na mansão Lucien seu amigo e também emissário da corte. Todos da Corte Primaveril usam máscaras por causa de uma maldição lançada, ninguém pode removê-la do rosto enquanto não for quebrada a maldição. E o tempo para Tamlin e toda a sua corte está esgotando.

Feyre que cresceu odiando os feéricos se apaixona por Tamlin e ele por ela, também acaba conhecendo cada vez mais este lugar mágico com criaturas perigosas invadindo este lugar e descobrindo que Tamlin é um poderoso Grão-Senhor. Feyre nem imaginava que ela era a única que podia quebrar a maldição. Mas ela terá que lutar para resgatar Tamlin e toda a corte Primaveril das mãos de Amarantha a cruel feérica que lançou o feitiço.

Se você gosta de ação, magia, criaturas diferentes e romance, este livro é para você. Eu me surpreendi com ele, fiquei simplesmente apaixonada. Sarah J. Maas criou um mundo totalmente diferente. Este livro me fez lembrar A Bela e a Fera e o lance da muralha de Game Of Thrones. É tudo muito bem descrito e elaborado e prende a atenção.

Início da leitura: 17/06/2018

Término da leitura: 28/06/2018

Leitura nº:  11

You may also like

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *