Livro: O Vampiro Lestat de Anne Rice (2º Volume – As Crônicas Vampirescas)

Autor: Anne Rice

Editora: Rocco

Em Entrevista Com o Vampiro, Louis conta como era a sua vida mortal e depois de ser transformado em vampiro pelo impetuoso Lestat, mas Louis nada sabia sobre a história deste vampiro que o transformou em imortal. Mas agora em O Vampiro Lestat segundo volume da série As Crônicas Vampirescas da escritora Anne Rice, conhecemos sobre a história de sua vida escrita pelo o próprio Lestat em uma autobiografia.

Desde 1.929 Lestat parou de beber sangue e ficou deitado na terra. Duas coisas o fizeram despertar em 1.984. E ao despertar ele se depara com uma nova sociedade que o fascina.

“As pessoas eram, de novo, aventurosas e sensuais da maneira como haviam sido nos velhos tempos, antes das grandes revoluções da classe média no final do século XVIII. Elas até se pareciam como naqueles tempos.”

Ele entra para uma banda de rock que passa a se chamar “O Vampiro Lestat” cujos integrantes são mortais e é através deles que Lestat descobre que o seu nome já é bem conhecido por causa do livro “Entrevista Com o Vampiro”.

Lestat já não se importava mais com as velhas regras, queria romper cada uma delas. Desejava que a banda e o seu livro atraíssem não apenas Louis, mas também todos os outros “demônios”. Ele queria também que os mortais soubessem dos vampiros, mesmo se não acreditassem.

Em sua autobiografia Lestat de Lioncourt conta que nasceu na França em um antigo castelo, seu pai era o marquês e ele era o mais novo dos três filhos, ele não se dava bem com eles, apenas com sua mãe Gabrielle. De temperamento irrequieto, rebelde, inconformado e sonhador Lestat desejava explorar a vida longe daquele lugar.

Lestat foge para Paris com o amigo Nicolas de Lenfent e os dois trabalham em um teatro, Lestat como ator e Nicolas como violinista. E é então que numa noite, Lestat é transformado em vampiro pelo intrigante Magnus que logo em seguida comete “suicídio”. Sim, é isso mesmo que você leu. Apesar dos vampiros serem imortais, algumas coisas podem destruí-los. E Magnus se autodestruiu sem dar muitas explicações para Lestat, apenas dizendo o necessário para a sobrevivência dele.

E por toda sua história até 1.984 que é quando desperta, Lestat transforma algumas pessoas muito próximas a ele em vampiros e novos vampiros aparecem também, como o sedutor Armand, o interessante Marius e vários outros. Mas é Marius que revela o segredo dos Que Devem Ser Conservados.

Anne Rice escreve com muito requinte os seus personagens vampirescos e com êxito as descrições dos lugares e países. Assim como em Entrevista Com o Vampiro, o livro é muito mais rico e profundo do que posso descrever aqui. Faz questionar, pensar e filosofar assim como os personagens. Mostra como a imortalidade pode ser solitária e confusa, que alguns vampiros não conseguem entender o século que está vivendo, pois é difícil acompanhar tantas mudanças na sociedade.

Transformar Lestat em um astro de Rock é captar realmente a essência de Lestat e saber dar continuidade a este personagem, pois ele sempre gostou de música e arte e combina com a sua rebeldia e ambição. Conhecíamos Lestat só na superfície que ainda era mostrada pela visão de Louis em Entrevista Com o Vampiro, mas em O Vampiro Lestat conhecemos suas razões de ser quem é. Ele age por impulso porque ele tem este lado destemido e irrequieto, e por mais que você não concorde você acaba compreendendo suas razões. Lestat com a sua autobiografia, músicas e vídeos clipes de Rock revelando os segredos dos vampiros irá causar muita confusão.

 

You may also like

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *